Carol Burgo

Carol Burgo é uma artista visual, empreendedora de moda e diretora de arte pernambucana residente no Rio de Janeiro. Há 10 anos criou um diário de moda em forma de blog onde compartilhava suas produções, garimpos em brechós e looks. Apesar do conteúdo ser voltado para moda, o que mais atraía sua comunidade eram os textos e crônicas que produzia para as postagens, que mais pareciam capítulos de um livro bom de acompanhar. Depois de parar de escrever no blog, Carol migrou seu conteúdo para o Instagram e aprofundou os temas levados para sua audiência, trazendo reflexões sobre política, saúde mental, vulnerabilidade. Hoje Carol é uma profissional multidisciplinar e deixa isso claro em suas redes. Desenvolve projetos pessoais ligados à arte e à escrita. Produz a Prosa (@lojaprosa) sua marca de slow fashion com foco em estamparias afetivas, publica suas pinturas viscerais e intimistas no perfil @c.burgo_art e escreve em suas redes sobre os mais diversos temas, sempre de forma responsável, autêntica e que cativa e engaja sua comunidade.

Em 2020 Carol tornou-se mãe. Nasceu a Olívia e nasceu também uma mãe com sua energia criativa modificada, transformada pelo seu processo de maternagem. Essa mudança impactou seus conteúdos que agora levantam debates sobre trabalho, empreendedorismo e criatividade dentro desse novo espectro da vida de mãe. Atualmente Carol tem se debruçado sobre temáticas femininas, e seu trabalho artístico é uma celebração não só da maternidade, mas da ancestralidade e da potência dos afetos. Seus conteúdos, visuais ou literários, são sempre um convite a adentrar nesse lugar de força e vulnerabilidade que é ser mulher e mãe.